Montagem Aquiraz

Os trabalhos de Arqueologia e Educação Patrimonial sempre nos oferecem a oportunidade de conhecer melhor as cidades do Brasil e conhecer de perto a relação da comunidade com o seu patrimônio cultural. Em Aquiraz, com as atividades de Educação Patrimonial, não foi diferente. As ações do Plano Integrado de Educação Patrimonial, que integra o Programa de Gestão do Patrimônio Arqueológico (PGPA) do projeto “Sol do Futuro”, nos contaram muito sobre a formação histórica do município.

Leia Mais 0

Paisagem Capoeira dos Índios_menor

A Floresta Amazônica é conhecida por todos pela sua rica biodiversidade e sua importância para o equilíbrio ambiental do planeta. Mas o que poucos sabem é que para nós, arqueólogos, o chamado “pulmão do mundo” também é um oásis. A riqueza de vestígios na região amazônica rendeu ao bioma uma espécie de pasta particular na Arqueologia Brasileira: a Arqueologia Amazônica. E foi neste mundo rico e surpreendente que a Habilis esteve mergulhada nos últimos dois

Leia Mais 9

Serra-da-capivara-piaui

Os primeiros debates sobre a necessidade de políticas públicas voltadas para a preservação dos patrimônios culturais remontam à França do início século XIX, quando a preocupação era a de poupar das guerras e das revoluções os monumentos históricos, identificados apenas com os remanescentes da Antiguidade Clássica, as grandes igrejas medievais e os castelos europeus. Em poucos anos já se tinha um número significativo de bens imóveis inventariados. Ao final da Segunda Guerra Mundial esse número

Leia Mais 8

Urnas funerárias podem ajudar entender a história
dos povos indígenas (Foto: Erêndira Oliveira/IDSM)

Peças foram achadas durante construção de escola na comunidade Tauary. Urnas pesquisadas podem ser de indígenas do tronco Tupi. Moradores do interior do Amazonas tiveram uma surpresa durante a construção de uma escola localizada na comunidade Tauary, na Zona Rural do município de Tefé, a 523 km de Manaus, em março deste ano. Urnas funerárias indígenas foram encontradas no subsolo da área. O achado foi entregue ao Laboratório de Arqueologia do Instituto de Desenvolvimento Sustentável

Leia Mais 14

floresta Amazônica

Olhando ao redor da floresta amazônica hoje é difícil imaginá-la cheia de pessoas. Mas nas últimas décadas arqueólogos encontraram evidências de que antes da chegada de Colombo, a região teve até mesmo cidades. O grau de ocupação humana na Amazônia continua a ser muito debatido, porque diversas áreas da floresta tropical de 6 milhões Km² permanecem inexploradas. Agora os pesquisadores construíram um modelo de previsão onde os sinais de agricultura pré-colombiana serão mais fáceis de

Leia Mais 13